Os números do Yes, Malta! em 2012

Fechamos 2012 com 26 mil acessos e a sensação de missão cumprida. Muito obrigada a quem nos acompanhou em 2012 e esperamos ótimas notícias de Malta em 2013!!! Vejam abaixo o relatório oficial do WordPress.

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2012 deste blog.

Aqui está um resumo:

4,329 filmes foram submetidos ao Festival de Cinema de Cannes. Este blog teve 26 mil visitas. Se cada visita fosse um filme, este blog teria o poder de 6 festivais de cinema.

Clique aqui para ver o relatório completo

Categorias: A escola | Deixe um comentário

Fale com ela

Esta é a Dagmar! Quem já nos enviou e-mail ou mensagem sabe que a indicamos por ser responsável pelo atendimento a estudantes brasileiros na Clubclass. Se quiser informações sobre preços, cursos e tudo mais, é só falar com ela pelo e-mail dagmar@clubclass.com.mt.

Dagmar conta que as maiores dificuldades dos brasileiros quando chegam à escola são relacionadas à saudade da família, já que passam pelo menos 4 meses, por causa da distância. No começo, segundo ela, a adaptação pode ser um pouco mais difícil por estarmos em outro continente. “Infelizmente não somos tão abertos como vocês e além disso os estudantes vêm normalmente com o nivel zero, então as primeiras semanas podem ser difíceis”, conta.

.

Essa loira sorridente nasceu na República Tcheca, aprendeu português em apenas 5 meses, em Lisboa, com o programa Leonardo da Vinci (de mibilidade profissional) e trabalhou na Assosiade Imigrante, onde falava  português com pessoas do  Brasil, Angola, Guiné Bissau e Cabo Verde. Além do nosso idioma, Dagmar fala inglês, espanhol e italiano, além de tcheco e eslovaco. Por isso, pedimos uma dica para facilitar o aprendizado de outra língua. “A pessoa tem de gostar do idioma, depois tudo é mais fácil e rápido. Acho que a coisa mais importante é ter um bom livro para estudar. Depois, sempre ajuda ler nesse idioma e assistir programas na televisao”.

Sempre simpática e solícita, muitas vezes Dagmar foi nossa salvação quando precisávamos de alguém que falasse a nossa língua. Valeu, Dagmar!

Categorias: A escola | Tags: , , , , , , , | 1 Comentário

Desvendando Malta no E-Dublin

A equipe do E-Dublin arrasou no primeiro vídeo da série sobre Malta. Postamos aqui que fomos entrevistadas e que o vídeo iria ao ar em breve. Agora foi publicada a primeira parte, com a entrevista do maltês (quase brasileiro) Edwin Pace, que também já entrevistamos. A primeira reportagem mostra um pouco da história da ilha e suas belezas naturais. Vale a pena assistir e conferir as belíssimas imagens!

Categorias: Sobre Malta | Tags: , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Brasileiros em Malta: Eduardo Shimoda e o português

Eduardo se preparando para a balada

Todo mundo que pelo menos já pensou em fazer intercâmbio já ouviu aquela história de que deve “fugir”da companhia de brasileiros, não é? O analista de sistemas paulista Eduardo Shimoda discorda. “Independente de ser brasileiro ou não, você deve se relacionar com pessoas que têm interesses similares aos seus. Obviamente, quando você está na companhia de brasileiros, a tentação de conversar em português é forte, mas se vocês têm o objetivo de melhorar o inglês, é mais do que possível mesmo convivendo com brasileiros”.

Mas essa conversa já deu pano pra manga em Malta e na Clubclass. Eduardo já ficou chateado quando os conterrâneos não entendiam a vontade dele de evitar o português. Bom, nós duas confessamos que foi muito difícil, até por causa da saudade de casa e de tudo no Brasil, e pelo fato de nos conhecermos desde pequenininhas falando português (rsrs). Mas é claro que é válido um esforço para praticar ao máximo o idioma que você pretende aprender. Eduardo mostrou que dá, sim. Até porque, não precisava se bater direto com brasileiros – agora, por exemplo, são só sete na escola toda.

Eduardo gosta mesmo é “da galera”, é muito enturmado e noitadas são com ele mesmo. Mas pode ser visto na companhia de gente de todas as nacionalidades. Essa é uma vantagem de Malta, para ele. E para quem conhece a fama de festeira dessa nossa ilha paradisíaca, olha só o recado dele: “Em minha opinião, as baladas não atrapalham os estudos, desde que você tenha consciência de que no dia seguinte você tem aula e não vai perder aula por ter farreado no dia anterior. Malta é um país pequeno e a maioria das escolas ficam próximas às baladas. Se você mora perto da escola, é muito provável que você consiga voltar a pé, a hora que você desejar. Além disso, ‘clubbear’ é uma excelente forma de melhorar o inglês”. Para nossa sorte, a Clubclass fica perto o suficiente de Paceville para voltar andando – 20 minutos no máximo – e longe demais para se ouvir qualquer barulhinho de lá.

Eduardo falou, tá falado, já que ele passou seis meses na ilha (volta para casa no dia 25 de novembro já cheio de saudade do Brasil) e aproveitou muuuito esse tempo, tanto estudando (somos testemunhas) quanto badalando na nigth maltesa. Antes de Paceville sempre rola um “esquente” na residência da Clubclass, onde ele mora, e dá para treinar um pouco mais o inglês.

Eduardo, que é super internético tanto pela profissão quanto pelo vício em ficar conectado mesmo, reclama mais computadores na Clubclass, mas adorou o pessoal.  “A qualidade do ensino é muito boa e o corpo docente se preocupa com os alunos.” conselhos para quem quer ir para Malta? “Malta não é Estados Unidos, muitas coisas não são mais baratas que no Brasil, então não deixe pra comprar tudo aqui. Segundo, coma o máximo de comida brasileira!  FAZ FALTA!” Recado dado, Eduardo!

Categorias: Brasileiros em Malta | Tags: , , , | Deixe um comentário

Malta na moda: recorde de turistas

Não é à toa que afirmamos que Malta é um destino da moda. Segundo o jornal Times of Malta, a ilha bateu um recorde com os 199.430 turistas que recebeu no último mês de agosto, o maior número em um só mês até então.
A quantidade de visitantes também é 4,4% superior ao mesmo mês do ano passado. Os dados do Instituto Nacional de Estatística ainda mostraram que destes, 174.817 turistas vieram de férias e 6514 a negócios. Ai nos perguntamos: será possível mesmo pensar em negócios neste paraíso???

A orla de St. Julians é um dos lugares preferidos dos turistas

A maioria dos visitantes é do Reino Unido, ainda de acordo com o Times of Malta – 27% do total. Depois  estão italianos e franceses entre os que mais visitam o destino. Outro número interessante é o total de pessoas que escolheram Malta para visitar, de janeiro a agosto deste ano: quase 1 milhão. Vale lembrar que Malta tem aproximadamente 400 mil habitantes. Dá para entender porque a ilha “bomba” no verão?

Categorias: Sobre Malta | Tags: , , , , , , , , | Deixe um comentário

Missão cumprida

De volta ao Brasil, depois de uma viagem de 24 horas, já matamos a saudade de casa, da família e amigos, agora é hora de retomadas. Após as 24 semanas de intercâmbio, a sensação é de dever cumprido, pois conseguimos apresentar para o Brasil as belezas de Malta e as vantagens de estudar inglês neste paraíso. A mensagem mais importante, entretanto, é a de que ainda temos muuuuito para contar sobre Malta e nossa experiência durante estes seis meses. Por isso, Yes, Malta! continua contando o que de melhor vimos por lá.

Antes do retorno, tivemos uma semana de despedida muito especial. Já batia saudade das paisagens, do dia a dia na escola, da convivência com outras culturas e das andanças pelas ruas da ilha. Para fechar bem, no fim de semana fomos convidadas pelo nosso “historiador” preferido, Edwin Pace, para conhecer a festa Zejt iz-Zejtun, na cidade onde ele mora, Zejtung. Aqui as imagens dessa tradicional manifestação da cultura maltesa. A festa comemora a colheita da azeitona e a boa produçao de azeite.

Veja fotos na galeria

Depois, fomos a Valletta para a despedida da capital de Malta em grande estilo. Lembram da Notte Bianca? Amamos! Uma noite realmente muito especial!

Na festa, encenações relembram dias passados

Adultos e crianças vestem roupas típicas de época

As barracas de doces e produtos típicos lembram as nossas quermesses

Artesão produz lindas peças de prata em uma das barracas

Valletta vista de cima na Notte Bianca

Lazer e cultura: vários eventos gratuitos em uma noite muito especial

Em Valletta também havia iguarias típicas de Malta

Arte na rua: Notte Bianca

As ruas de Valletta ficaram lotadas como nunca tínhamos visto

Categorias: Sobre Malta | Tags: , , , , | Deixe um comentário

Cultura e arte em Valletta

A Notte Bianca acontece em vários países e em Malta é sempre realizada nesta época, pelo sexto ano. Neste sábado, 29 de setembro, a capital maltesa será palco para diversas atrações culturais em museus, edifícios históricos, galerias de arte públicas e privadas, e outras instituições, que estarão abertas em horário especial e com entrada gratuita. Malteses e turistas são convidados a curtir música, dança, cinema e teatro no belo cenário da histórica Valletta.

No estilo da Virada Cultural, que acontece em São Paulo, a Notte Bianca reúne artistas locais e internacionais e privilegia a diversidade, indo do rock à dança folclórica no mesmo evento!

Veja o programa da Notte Bianca

Categorias: Sobre Malta | Deixe um comentário

Yes, Malta! no E-Dublin

Hoje saímos da nossa rotina por um motivo muito legal. Fomos convidadas para dar uma entrevista para o E-Dublin – o maior site para brasileiros com destino à Irlanda. A equipe chegou na última quarta-feira a Malta para gravar uma série de vídeos sobre a vida de estudante na ilha. Falamos sobre Bugibba, alimentação, transporte, diversão e outras peculiaridades de Malta. Outras reportagens vão falar sobre intercâmbio, o que fazer, vida noturna, atrações turísticas, praias, enfim, muita informação sobre nossa querida Malta vem por aí. Os vídeos entram no site em outubro, e com certeza vamos comentar cada um deles aqui.

Na praça de Bugibba com a equipe do E-Dublin

Categorias: Sobre Malta | Tags: , , , , , , | 2 Comentários

Caravaggio em Malta

Caravaggio causou confusão em Malta

Mais uma vez, Malta esteve na telinha da Globo (veja nosso post). Desta vez, numa reportagem sobre a passagem do pintor italiano Caravaggio pela ilha. Condenado em Roma, ele refugiou-se em Malta, onde pintou sua maior obra (em tamanho mesmo). Depois disso, sua relação com os Cavaleiros de Malta não foi das melhores, como conta a repórter.  A reportagem fala sobre Malta como “um lugar de luz muito especial”. Nós concordamos.

Aqui o link do vídeo

Categorias: Sobre Malta | Tags: , , , , , , | Deixe um comentário

Não, você não vai falar Maltês!

Placa em Maltês e Inglês

Já explicamos aqui, mas nunca é demais enfatizar o que parece ser uma dúvida frequente: o Inglês é a segunda língua oficial de Malta e é falada nos quatro cantos da ilha. A língua original, o maltês, é preservada mas está longe de ser a mais falada, graças ao turismo que sustenta o país. Em resumo, é um idioma usado entre os nativos.

A língua maltesa tem base fenícia, com muitas modificações derivadas do Árabe e influências do Inglês e Italiano, o que a torna um tanto esquisita para quem não fala. Em outras palavras: uma língua tão pitoresca quanto a própria ilha. As crianças já começam a falar inglês na escola. Já na televisão, assistem principalmente aos canais em Italiano, onde aprendem o idioma do país vizinho. Para preservar a língua, as famílias costumam falar maltês. Por isso muitos dos mais jovens já falam os três idiomas.

Daí, um conselho: não tente entender maltês (rsrs), seria uma tarefa árdua demais para quem já está em outro país tentando falar um idioma que não domina. Além disso, não precisa se preocupar porque na ilha quase todos falam inglês (apenas os mais velhos podem ter alguma dificuldade). Todas as placas, sinalizações e informativos também estão em inglês. Abaixo, uma tabelinha mostrando a pronúncia (com base no inglês) de alguns nomes de lugares, só a título de curiosidade (ou até para ajudar na hora de pedir uma informação por aqui, quem sabe…)

Escrita                    Pronúncia               
 Dwejra d’way-rah
 Ġgantija  jee-gann-tee-yah
 Għar Lapsi  ahr-lapp-see
 Għar Dalam  ahr-dall-am
 Għarb  ahrb
 Għasri  ahs-ree
 Haġar Qim  ha-jah-eem
 Lija  lee-yah
 Luqa  loo-ah
 Marsaxlokk  mar-sah-shlok
 Mdina  im-deen-ah
 Mġarr  im-jarr
 Mnajdra  im-na-eed-ra
 Mqabba  im-ab-ba
 Msida  im-see-dah
 Naxxar  nash-shar
 Qala  ahl-ah
 Qawra  ow-rah
 Qormi  orr-me
 Qrendi  ren-dee
 Siġġiewi sij-jee-e-wee
 Ta’ Ċenċ  ta chench
 Tarxien  tar-she-en
 Xagħra  shuh-ra
 Xewkija  show-kee-yah
 Xlendi  shlen-dee
 Żebbuġ  zeb-booj
 Swieqi  s’wee – ih
 Zejtun  zay-toon
 Zurrieq  zuhr-ree
Categorias: Sobre Malta | Tags: , , , , | Deixe um comentário

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: